rfrbNet

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Objectivos

E-mail Print PDF

 

Concepção do modelo operacional e funcional

O primeiro objectivo é precisamente a proposta de um modelo operacional no qual as entidades envolvidas podem aderir ou abandonar a rede “Internet Of Things”, bem com os seus “deveres” e “direitos” enquanto elementos dessa rede. Em particular que serviços devem disponibilizar e que serviços podem consumir no âmbito da rastreabilidade dos bens que que lhe dizem respeito.

 

Este modelo operacional e funcional deverá explicitar cenários de utilização a vários níveis:

 

· Protocolos de serviço;

· Políticas de acesso claim-centric;

· Modelos de governação;

Os protocolos definidos devem, sempre que possível, assentar em protocolos standard universalmente aceites pela indústria, protocolos como o ISO-18000, EPCGlobal e UBL, UDDI e SOAP.

Apenas como exemplo, e sem querer limitar ou antecipar as soluções a preconizar pelo projecto, podemos considerar que os serviços de federação de entidades permitam entre outras, dar respostas às seguintes necessidades:

 

· Identifico-me como sistema <nome>, conheço as tags <tags> e os protocolos <protocolos>; para identificação uso <protocolo de identificação>;

· Disponibilizo-me a responder a queries de rastreabilidade por parte de entidades participantes na cadeia de valor;

· Subscrevo informação de rastreabilidade ao longo da cadeia de valor para a tag <tag>;

· O sistema <sistema> em que vossa entidade confia entregou-me o token <token> delegando a capacidade de <leitura de informação privada de tag> para a tag <tag>;

Concepção da Arquitectura da Solução

Segundo objectivo é o desenho da arquitectura da plataforma que sustentará os modelos e funcionalidades identificados no objectivo anterior. Como a satisfação de algumas características da solução são o grande desafio deste projecto, consideramos pertinente explicitá-las enquanto objectivos do projecto:

 

· Escalabilidade. A escalabilidade da solução proposta é um objectivo fundamental pois a identificação dos bens, idem a item, colocará sobre a plataforma uma volumetria de informação significativa, que terá ser abordada como soluções arquitecturais específicas possibilitando o normal funcionamento recurso a capacidade de CPU, armazenamento e comunicação dentro do razoável para este tipo de situações. Neste momento antevemos que as redes peer-to-peer são provavelmente as mais adequadas a este cenários , explorando conceitos como: federação de identidades; federação de serviços e anúncio de serviços;

· Segurança & Privacidade. A solução proposta deverá suportar requisitos mínimos de segurança sustentando a credibilidade e confiança entre as várias entidades aderentes, em cada momento, à rede. Há várias linhas a explorar para procurar a melhor solução para este caso, das quais citamos as que neste momento nos parecem mais plausíveis: Hash-lock, 32-bit kill password, Symmetric and asymmetric cryptography, Physical Unclonable Function, Zero-knowledge device authentication.

· Disponibilidade. A solução proposta deverá assegurar os serviços mínimos em situação de desconectividade temporal de uma entidade da rede. Tal como acontece em muitos outras plataformas (vendas, bilhética, etc) as operações mais elementares, neste caso o fluxo de bens, não poderá ser afectado por perda de conectividade de uma entidade com as restantes entidades da rede.

Validação da solução proposta

É terceiro objectivo deste projecto o desenvolvimento de um protótipo da framework/plataforma e testá-lo em ambiente restrito.

Divulgação de resultados

O objectivo final deste projecto é a divulgação dos resultados do processo de investigação.